Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mood du Jour

Mood du Jour

Da musica que me enche a alma

Belly, 29.04.20

Sou fã do Ed Sheeran, adorei o concerto dele o ano passado em Lisboa! O meu Pai adorava opera, e eu aprendi a gostar com ele, não sendo obviamente o tipo de musica que oiça todos os dias... mas lembro-me de ouvirmos Pavaroti, Placido Domingo, Carreras aos berros... 

Dito isto, este dueto é simplesmente a coisa mais incrível que tenho ouvido! 

 

A melhor banda do mundo

Belly, 17.09.18

Acompanharam a minha adolescência, e acompanham a minha vida adulta.

Souberam reinventar-se ao longo dos anos, musicalmente, e cada concerto tem um set up mais incrível que o anterior.

O Bono é um homem de causas e usa a sua influência e os seus concertos para isso, e eu acho isso fantástico. 

E ontem, apesar de cansados que a malta já não vai para nova e foi um fim de semana cheio de programas, lá fomos vê-los ao vivo e viemos de alma cheia.

U2. A melhor banda do mundo. 

 

IMG_5357.JPG

IMG_5351.JPG

IMG_5355.JPG

IMG_5356.JPG

 

Muito muito bom! 

 

 

 

é hoje!!!!

Belly, 18.07.14

Adolescência ao rubro, crises de identidade, desilusões amorosas, noitadas com amigas, verão de 3 meses... 

 

A banda sonora de todos estes (e muitos outros) momentos? Pearl Jam. Sempre. Em repeat.

 

O Eddie Vedder vem hoje ao Super Bock Super Rock, e eu lá estarei para ouvir as musicas de sempre, e as musicas de agora. Porque a boa musica dura para sempre, é intemporal... e ele, entre os PEarl Jam e os albuns a solo (nomeadamente uma das melhores bandas sonoras de SEMPRE!), é intemporal também...

 

Eddie ruuuuuuules!

 

 

 

Michael Bublé ruuuuuuuuulees!!!!!

Belly, 03.02.14

Memso mesmo!

Fiquei TOTALMENTE rendida ao canadiano! 

 

Estava à espera de ver um bom concerto, com boa musica e tal... e vi um cantor fabuloso, com uma produção extraordinária, uma excelente banda de abertura, uma orquestra fabulosa...

Foi tudo bom!

 

Ele de smoking.

As musicas bem escolhidas.

Os efeitos especiais surpreendentes.

Ele de smoking.

A dizer piadas, a interagir conosco, a divertir-se, a dançar.

Cantou clássicos, cantou musicas dele, musicas calmas e romanticas, musicas animadas... Até o "Get lucky" dos Daft Punk! 

E de smoking, não sei se já comentei...

 

Fartei-me de bater fotos, estavamos pertinho do Xuxu! ;)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E uma GRANDE salva de palmas para os Naturally7, que abriram o concerto - muito bons!!

 

Mas o Michaelzinho ficou com um lugarzto en mi corzón, ai pois ficou!!
Boa semana!! 
(Resuminho do show aqui!)

54 and pumpin'!!

Belly, 16.08.12

Ok, ela come provavelmente apenas folhas de aipo e coentros às refeições.

E faz exercício físico aí umas 6h/dia.

E tem dinheiro para plásticas.

E deve ter um ginásio em casa.

E um chef para cozinhar as ditas folhas de aipo.

 

Mas estar ASSIM com mais de meio século em cima é notável!! E ter uma carreira musical tão diversificada também é de se notar (e mais 300 milhões de dicos vendidos em todo o mundo).

Adore-se ou odeie-se, ninguém lhe é indiferente.

 

Parabéns à Rainha da Pop que faz hoje 54 anos.

 

 

 

(esta é das musicas antigas que mais gosto dela...)

Crónica de uma festivaleira acabada...

Belly, 16.07.12

(sim, a festivaleira acabada sou eu!)

 

No Sábado fomos ao festival do inimigo (presentuxo de anos do T. para o Pai dele... o meu filho é mesmo um amor!) - e estou até agora a tentar recuperar, sem sucesso! Eu já não dou para estas coisas, está visto...

 

A preparação começou de manhã, quando fomos a Algés estacionar um dos carros para depois não termos de andar quilómetros - e que ideia brilhante que isso foi! Senão teria de ter sido arrastada!

 

Decidimos ir de autocarro para lá, e saímos de casa um pouco antes das sete (baby T. ficou com a minha mummy e lá fomos nós!) - já não andava de autocarro há uns aninhos... e tirando o preço absurdo dos bilhetes, nada de novo!

Chegámos ao recinto passava pouco das 7 da tarde - já estava muita gente, mas entrámos sem grandes problemas.

 

Fomos comer um crepe da Tachadinha ("Não há porquinha como a Tachadinha" é o slogan, pois eles também vendem carne de porco), para entrar no mood festivaleiro, e resultou - vimos o concerto de Noah and the Whale e foi bem giro!

 

 
 
 
 

A seguir aproveitámos para ir jantar - o belo hamburger da carne Alentejana, com batatuxa frita e um Iced Tea - aqui já me comecei a queixar, pois não havia sítio para nos sentarmos... lá arranjamos um cantinho de uma mesa... enfim, faz parte do espírito!

 

A seguir no nosso planeamento, Mumford and Sons - muito parado e melancólico, comecei a ficar com moleza - vale a última musica, que também era a única que eu conhecia!

 

 

Partimos para o palco secundário, onde estava os Awolnation aos berros (mesmo, literalmente...) - agressivo de mais para mim. O vocalista era alucinado, acabou em cima do público para desespero dos seguranças!

Uma vez mais, valeu a última musica, a da campanha da PT...

 

 

 

Seguiu-se outro alucinado, o Tricky, que decidiu deixar subir metade do público para o palco - seguranças em tilt de novo! Desse não conhecia nada...

 

Entretanto já era quase meia noite e iam começar os The Cure no palco principal - o grande motivo da nossa ida! Problemazito: eu já não podia com dores nas cruzes... e as pernas... e o sono...

O senhor dos The Cure está com ar acabado (mais ou menos como eu me sentia), mas a voz dele está igual!

Azar dos azares, o senhor começou com musicas calmas e pouco conhecidas...

Vimos meia horita de concerto e tivemos de nos retirar, eu já não podia mais!! Ainda marchou um pãozinho com chouricho, ex-libris de fim de noite de festival, claro!

 

Valeu-nos ter o carro perto, o estado da minha pessoa era deplorável!

 

Cheguei a casa pela 1h da manhã, o baby tinha acbado de comer e dormiu até as 4h. Comeu de novo, e dormiu até as 8h. Não foi claramente suficiente, eu precisava de dormir direto até HOJE! Enfim...

 

Veredicto: já não dou para isto!!!

 

Só tive pena de não ver estas:

 

 
 
Boa semana!!