Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mood du Jour

Mood du Jour

Quando o coração nos sobe à garganta...

Que é como quem diz, quando o nosso mini-terrorista de estatela ao comprido no parque, e fica todo esfolado na cara, e sangra, e engole terra, e chora... e o mundo desaparece todo, e só o vemos a ele, como que num filme onde tudo fica em slow motion e o primeiro institinto é reagir.

 

Pegar nele, ir dizendo que está tudo bem e que já passou enquanto vemos se não foram estragos de maior. Limpar as feridas, por arnica, por betadine, dar-lhe Iced Tea para limpar a boca porque não lhe consigo tirar a areia e a terra que tem. Ir dando beijinhos e dizendo que é um valente. Ficar de olho nele o tempo todo para ver se não vomita, se não fica sonolento e todas as coisas que se dizem para estarmos atentos.

 

E depois, quando ele já está melhor e nem se lembra que deu um tralho monumental, deixa-lo um bocadinho e ir ao quarto ao lado chorar copiosamente porque caiu, porque é a primeira grande queda de muitas, porque o que queria mesmo era andar sempre com um colchão de penas à volta dele e protege-lo de tudo - das dores fisicas e das outras, bem piores, das quais há de sofrer... 

 

Quem disso que isto de ser Mãe era fácil não percebia era nadinha do assunto!!! Apre! 

 

motherhood