Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mood du Jour

Mood du Jour

Das minhas caixas favoritas

Adoro receber em casa as encomendas que faço na net - sabe a Natal! Abrir a caixa, ver o que está lá dentro, experimentar / folhear / ver... Love it! 

 

Ontem recebemos uma mega encomenda da Amazon que o maridinho fez, e metade do conteúdo eram presentuxos para mim! Tudo presentes culturais, também não é só roupa e sapatos que me movem OK?!?!

 

Tou mortinha por me dedicar a estes novos amigos todos! :)

 

amazon

 

Bom fds!! 

Life in numbers

4 meses... 3 vacinas... 2 pensos rápidos às cores... 1 receita de sopa para começarmos amanhã!

 

Eu que não sou nada dada a números (mas nadinha mesmo, até hoje nem sei como sobrevivi à matemática tantos anos...), dou por mim cada vez mais a ver a vida através dos números...

As semanas de vida do baby, que agora se contam em meses...

Os ml. de água e as colheres de pó para fazer o biberon...

O peso, a altura, os percentis... (by the away, o pequeno badocha tem quase 7 kg!)

E agora, as colheres de sopa e de puré de fruta! Começamos amanhã, com uma bela sopa de cenoura, seguida de puré de maçã.

 

Cenas dos próximos capítulos, nomeadamente da quantidade de sopa que ficou espalhada por todo o lado em vez de ser devidamente engolida, em breve! 

 

numbers

Countdown

Apesar de não ter estado a trabalhar nestes últimos 4 meses, a verdade é que isto da licença de maternidade é puxadote. Há quem ache que é tipo férias, que se está assim em casa na boa, que se tem imeeeenso tempo livre... hellooooooooo! É TUDO MENOS ISSO! 

É maravilhoso, sem dúvida, mas é cansativo...

 

Assim, é com GRANDE expectativa que já estou em countdown para as férias, as verdadeiras - duas semaninhas no Algarve, a 1ª com baby, maridinho e sogros, a 2ª com baby, minha mummy e minhas tias. Meia Praia + Quinta do Lago...

Praia e piscina e boa comida e sestas (conto com os avós a quererem babar no baby para isto!) e leitura e xanatos e roupa leve... 

 

Domingo está quase quase aí... Yey!!! 

Back 2 reality

A boa notícia: aqui a minha pessoa foi promovida. :) 

A má notícia: a licença de maternidade teve de ser encurtada. 

 

A vida é mesmo assim, ganham-se umas coisas e perdem-se outras, mas eu acredito nas mudanças, e que é sempre para melhor se fizermos por isso, portanto vamos lá!

 

Hoje já estive no escritório à tarde, para começar a entrar no ritmo. Amanhã vou de novo, de manhã...

 

Processo de mentalização: troquei a mochila que agora não me larga por uma carteira " de adulta" e os xanatos rasos por uns mega saltos! (estou aqui que nem posso com dores nos pés, afinal não usava saltos há 6 meses ou mais...).

 

Ainda temos 2 semaninhas de férias a sul antes de voltar a 100%, o que também vai ajudar a amenizar o regresso...

 

Só as saudades que vou ter do meu filhote é que não há nada que amenize!!! Shuif shuif... 

 

back 2 work

Baleia mood

A dieta já foi há vida, e a semana passada, ginásio nem vê-lo! Já assumi que vou andar em "baleia modd" até voltar de férias, porque senão não são férias! Vou levar os ténis, se der desafio o maridinho para uns passeios de fim de tarde, mas sem pressão! Quando voltar declaro guerra aos quilos e às calorias e tudo mais! Até porque algo me diz que com a vidinha trabalho-baby-casa-manter vida social-mais trabalho-mais baby, isto vai ao sítio na certa!

 

A propósito deste meu mood, recebi hoje um mail que transcrevo na íntegra, pois é assim que me sinto (este texto já tem barbas, mas é sempre bom recordar!):

 

Há uns dias, numa cidade de França, um cartaz, com uma jovem espectacular, na montra de um ginásio, dizia:
"Este verão, queres ser sereia ou baleia?"
Dizem que uma mulher jovem-madura, cujas características físicas não interessam, respondeu à pergunta publicitária nestes termos:
"Estimados Senhores:
As baleias estão sempre rodeadas de amigos (golfinhos, leões-marinhos, humanos curiosos). Têm uma vida sexual muito activa, engravidam e têm baleiazinhas ternurentas, às quais amamentam.
Divertem-se à brava com os golfinhos, enchendo a barriga de camarões. Brincam e nadam, sulcando os mares, conhecendo lugares tão maravilhosos como a Patagónia, o mar de Barens ou os recifes de coral da Polinésia.
As baleias cantam muito bem e até gravam CD's. São impressionantes e praticamente não têm outros predadores além dos humanos. São queridas, defendidas e admiradas por quase toda a gente.
As sereias não existem. E, se existissem, fariam fila nas consultas dos psicanalistas, porque teríam um grave problema de personalidade, "mulher ou peixe?".
Não têm vida sexual, porque matam os homens que delas se aproximam, além disso, por onde? Por isso, também não têm filhos. São bonitas, é verdade, mas solitárias e tristes. Além disso, quem quereria aproximar-se de uma rapariga que cheira a peixaria?
Para mim está claro, quero ser baleia.


baleia

Pág. 1/5