Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mood du Jour

Mood du Jour

Crónica de uma festivaleira acabada...

(sim, a festivaleira acabada sou eu!)

 

No Sábado fomos ao festival do inimigo (presentuxo de anos do T. para o Pai dele... o meu filho é mesmo um amor!) - e estou até agora a tentar recuperar, sem sucesso! Eu já não dou para estas coisas, está visto...

 

A preparação começou de manhã, quando fomos a Algés estacionar um dos carros para depois não termos de andar quilómetros - e que ideia brilhante que isso foi! Senão teria de ter sido arrastada!

 

Decidimos ir de autocarro para lá, e saímos de casa um pouco antes das sete (baby T. ficou com a minha mummy e lá fomos nós!) - já não andava de autocarro há uns aninhos... e tirando o preço absurdo dos bilhetes, nada de novo!

Chegámos ao recinto passava pouco das 7 da tarde - já estava muita gente, mas entrámos sem grandes problemas.

 

Fomos comer um crepe da Tachadinha ("Não há porquinha como a Tachadinha" é o slogan, pois eles também vendem carne de porco), para entrar no mood festivaleiro, e resultou - vimos o concerto de Noah and the Whale e foi bem giro!

 

 
 
 
 

A seguir aproveitámos para ir jantar - o belo hamburger da carne Alentejana, com batatuxa frita e um Iced Tea - aqui já me comecei a queixar, pois não havia sítio para nos sentarmos... lá arranjamos um cantinho de uma mesa... enfim, faz parte do espírito!

 

A seguir no nosso planeamento, Mumford and Sons - muito parado e melancólico, comecei a ficar com moleza - vale a última musica, que também era a única que eu conhecia!

 

 

Partimos para o palco secundário, onde estava os Awolnation aos berros (mesmo, literalmente...) - agressivo de mais para mim. O vocalista era alucinado, acabou em cima do público para desespero dos seguranças!

Uma vez mais, valeu a última musica, a da campanha da PT...

 

 

 

Seguiu-se outro alucinado, o Tricky, que decidiu deixar subir metade do público para o palco - seguranças em tilt de novo! Desse não conhecia nada...

 

Entretanto já era quase meia noite e iam começar os The Cure no palco principal - o grande motivo da nossa ida! Problemazito: eu já não podia com dores nas cruzes... e as pernas... e o sono...

O senhor dos The Cure está com ar acabado (mais ou menos como eu me sentia), mas a voz dele está igual!

Azar dos azares, o senhor começou com musicas calmas e pouco conhecidas...

Vimos meia horita de concerto e tivemos de nos retirar, eu já não podia mais!! Ainda marchou um pãozinho com chouricho, ex-libris de fim de noite de festival, claro!

 

Valeu-nos ter o carro perto, o estado da minha pessoa era deplorável!

 

Cheguei a casa pela 1h da manhã, o baby tinha acbado de comer e dormiu até as 4h. Comeu de novo, e dormiu até as 8h. Não foi claramente suficiente, eu precisava de dormir direto até HOJE! Enfim...

 

Veredicto: já não dou para isto!!!

 

Só tive pena de não ver estas:

 

 
 
Boa semana!!