Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mood du Jour

Mood du Jour

As noites... ai as noites...

Já me tinham avisado - nunca mais vais dormir da mesma maneira! Não tinha percebido que era tão literal!!! 

 

Ele é um amor de bébé, mas as noites têm sido uma aventura! 

 

O curioso é que durante o dia me aguento bastante bem - tanto que nem consigo dormir quando ele dorme, aproveito para fazer outras coisas (como vir aqui ao blog, por exemplo...). O meu organismo já se estará a adaptar? A verdade é que não dormi bem praticamente a gravidez toda, portanto tive 9 meses de estágio!! 

 

De resto, já passaram duas semanas e aos poucos as coisas vão-se encaixando... Começo a percebe-lo melhor, a perceber os choros, que são diferentes cosoante o que ele precisa. E continuo a ficar parada a olhar para ele do nada, só porque sim. E quando acho que não é possível gostar mais dele, olho para ele de novo e BUM! É impressionante...

 

No Domingo fomos passear aqui a baixo - só 10 minutos, mas adorei a sensação de "passear o meu filhote"... E são pequenas coisas como esta que agora preenchem os meus dias! A vida mudou mesmo!

 

Mais pefeito, só mesmo se ele nos deixasse dormir um cadinho mais... as noites... ai, as noites...

 

no sleep

Life changing...

E assim, de repente, sem eu estar à espera (sim, porque por muito que estivesse na ilusão de que estava preparada, NÃO ESTAVA!), a minha vida mudou... Para sempre... E para melhor! 

 

Baby T. afinal não quis esperar mais, e às 15h40 de dia 30 de Abril, nasceu. Depois de 16 horas de trabalho de parto (!!!), ele nasceu. E eu estou como que anestesiada desde então...

É como se a epidural me tivesse subido à cabeça e o efeito não passasse... E é tããããããããão bom!

Estou apaixonada. Completa e totalmente.

 

Não se dorme bem desde então, estou sempre a questionar tudo o que faço, se faço bem, se ele está bem... mas vale tanto a pena! Nada do que me tinham explicado ou dito sobre "ser Mãe" é sequer passível de comparação com o sentimento verdadeiro...

 

Ele é um bebé LINDO (não é por ser meu filho... é que é mesmo!); e sossegado (só chora quando tem mesmo de ser, com fome, ou fralda suja, ou cólicas, esse terror que consome noites!); e super atento (fica alerta aos sons, procura as coisas com a cabeça, de olhos bem abertos!). Já tem imensa força, no pescoço e nas mãos e nas pernas!

Já me deu banho de xixi, claro, já fez um mega cócó tipo torpedo que foi do trocador de fraldas até à parede oposta (nunca tinha visto nada igual!), e arrota que nem um taberneiro! O meu filho é mesmo Homem, com H grande! 

 

Aos poucos já nos vamos entendendo - vamos percebendo os choros dele, vamos adaptando os horários, e as coisas começam a ser mais fáceis (ou pelo menos, menos difíceis...).

 

É mesmo life changing, e é maravilhoso!  

 

Pé do baby T

Pág. 3/3