Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mood du Jour

Mood du Jour

Quem escreve assim...

pôr as inquietações em pausa, é uma escolha. relativizar os meus ‘’pequenos dramas’’, é uma escolha. situar-me no mundo e saber onde é o meu lugar, é uma escolha. gostar muito dos outros mas nunca me esquecer de mim, é uma escolha. trabalhar muito mas saber o que vem à frente de tudo, é uma escolha. dizer não ao mundo para dizer sim a mim mesma, é uma escolha. aceitar que há coisas que não mudam e coisas que não voltam, é uma escolha. compreender e aceitar as minhas escolhas, é uma escolha. encolher os ombros para o que possam dizer sobre as minhas escolhas, é uma escolha. ser leve e cabeça ‘’arejada’’ - apesar dos dias de caos, dos dias de gritos e dos dias em que só-me-apetece-mandar-tudo-para-Plutão, é uma escolha. desistir ou vencer o medo, é uma escolha. não baixar os braços quando as coisas não correm bem, é uma escolha. perdoar e fazer a fila andar, é uma escolha. desapegar e não-querer-mais, é uma escolha. descomplicar e tornar tudo menos pesado, é uma escolha. saber bem quem-do-bem caminha ao meu lado, é uma escolha. dar passos atrás para ganhar balanço, é uma escolha. ver mais o que a vida é, e menos o que ela não é, é uma escolha. acreditar, confiar e nunca duvidar no que de bom vai chegar, é uma escolha. 

ser feliz, ser estupidamente feliz, é uma escolha. e eu escolho, estupidamente, com o coração todo, todos os dias. 

Da sempre inspiradora Sofia.

 

Ando a questionar muito algumas das minhas escolhas. Não sei se é de ser final do ano, se é do frio, se é do ritmo finalmente a acalmar e eu a não saber andar em compasso lento... 

A consequência mais direta é dormir mal, obviamente. Mas (re)pensar o caminho, sobretudo naquele que quero fazer, é importante. Pensar menos no caminho que fiz. Aceita-lo. Seguir em frente. Acima de tudo, queres ser, como diz a Sofia, "estupidamente feliz". 

A verdade é que é a nossa capacidade de escolha que faz de nós livres, e isso é um privilégio. :) 

IMG_1464.JPG